sábado, 29 de novembro de 2008



Fuga sem sentido


Se, fujo de ti e procuro a solidão nos mares,

encontro-te na brisa...
Se, vou de encontro às matas, lá, deparo-me contigo,
no místico das plantas mais raras.
Se, fujo ainda ao encontro dos céus...
Entre nuvens vejo o teu rosto.

E volto, e busco a fuga no deserto...
Lá, ainda te sinto no calor das areias infinitas.
Você me persegue?!...
Tomou conta do meu ser?
Mas, sem ti é impossível ver encanto entre todas as coisas,
Tu és minha cor!...

É como se fosse o lápis
que sempre usei para desenhar meu mundo.
Minha fonte de vida, de inspiração...
Por ti cometo meus acertos e, em meus tropeços,
lá, está você também.

Teu sorriso, seu cheiro, seu colo, seus olhos,
teus cabelos, sua pele;
Sem isto não suportaria viver.
Vem, entrega-te a mim pela eternidade.
Pois, nas minhas tentativas de fugir de ti,
todas foram...fugas sem sentido!


*Paulo Nunes Junior*

*
*
*

Hoje, fugi um pouco do que escrevo e encontrei-me nas palavras do poeta!

Desejo a todos um maravilhoso fim de semana!
Beijos com meu carinho





sexta-feira, 28 de novembro de 2008


Pois bem, recebi através do “Blog De dentro pra fora” este desafio que consiste em responder a 10 perguntas com nomes de músicas de um grupo ou cantor. (O que mais gostar!)


Confesso que não é nada fácil... mas a brincadeira é divertida!


Mas vamos ao que interessa, respondi a todas usando títulos das canções da Banda Mineira “14 Bis”.

És homem ou mulher? Princesa

Descreve-te. Caçador de mim

O que é que as pessoas pensam de ti? Dona de mim

Como descreves o teu ultimo relacionamento? Pequenas Maravilhas

Descreve o estado actual da tua relação. Romance

Onde querias estar agora?Todo azul do mar

O que pensas a respeito do amor. Planeta sonho

Como é a tua vida? Natural

O que pedirias se pudesses ter um desejo? Linda Juventude

Escreve uma frase sábia. Eu já fechei meus olhos (Mas quem não?)


Agora tenho de passar a brincadeira a 6 blogs,

espero que ainda não tenham respondido ao desafio.

Se for o caso de já terem respondido, já fizeram o que era proposto.


Os blogs são:

Anete MG
Florescer
My Space

Nas asas de um anjo
Pedaços de um caminho

Verseiro


Desejo a todos um belo final de semana!

Aproveitem bastante!
Beijinhos


terça-feira, 25 de novembro de 2008

O sentimento que vive em mim...



Entalho em madeira fresca o teu retrato
Fecho os olhos e te sinto pelo tato
Vôo no tempo para te ter num espaço
Onde estás que chamo, grito e não acho?





Pensando em Ti, sinto transportar-me
Levada em pensamentos pela saudade
Percebo claro seu poder sobre mim
Já não sei onde é começo, meio ou fim!




Meus sentidos são tomados pela emoção
Marcando na alma o que sente o coração
Razão e coração brigam em meu peito
Fico perguntando-me: Como viver desse jeito?

Tatiana Moreira

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Num misto de sensações...
Sinto reviradas as emoções.




Envolvida nas notas da canção...
Tento em vão voltar à razão.





Meus sentidos todos dispersos...
Fecho os olhos e te sinto tão perto!





Vejo a cada minuto o sentimento crescer...
E como mágica envolver todo o meu ser.





Já não há como mudar...
Quando o coração resolve opinar.





Estou perdida em mim...
Tento despertar, antes que seja meu fim!


Tatiana Moreira

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

A varanda do Vale dos Sonhos



Da varanda admiro o vale dos sonhos
Observo a riqueza da vasta vegetação
Acompanho o cântico dos pássaros
Alimento poético para a minha inspiração

Da varanda vislumbro a quietude da lagoa
Aprecio sua mansidão em pacíficas águas
Pressinto a paz que acalma e renova
Nutrindo versos para os meus poemas

Da varanda visualizo a dança das borboletas
Estimo a leveza do bater de suas asas
Colorindo o sopro do vento com esperanças
Fortalecendo palavras para minhas rimas

Da varanda conecto a alma ao divino
Sinto o silêncio que habita a reflexão
Comungo com a natureza meus sentidos
Sustentando sentimentos para meu coração.



Tatiana Moreira

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Do casulo a livre borboleta voa




Teve seu período quietinho em silêncio

Dentro... Uma constante inquietude

Hibernada e protegida em seu ócio

Desvendando minúcias de sua identidade








Sentia que tudo estava em mutação

Intimamente acompanhava as transformações

Admirada ao novo de cada sensação

Redescobrindo valores e missões








Chegado o momento tão esperado

Liberdade para suas sonhadas asas

Estimulada ao vôo esplêndido

Partiu rumo à vida de descobertas






Tatiana Moreira


terça-feira, 11 de novembro de 2008


Vem...

Quero te mostrar o que desenhei...

Caminhos ligando corações que sonhei!





Vem...

Quero te mostrar o que fiz...

Plantei flores coloridas num jardim!





Vem...

Quero te mostrar o que inventei...

Solos de guitarra numa canção que criei!




Vem...

Quero te mostrar o que escrevi...

Versos brancos num poema sem fim!




Vem...

Quero te mostrar o que consegui...

Juntei pedacinhos perdidos de mim!




Tatiana Moreira

sábado, 8 de novembro de 2008

O desbotar de um coração


Prestando atenção ao que a intuição dizia
Entendeu a tristeza que o coração sentia
Sua dor uma a uma foi absorvendo.
Percebendo as cores que foram desbotando

Perdendo o que antes tinha nitidez e vida
Adquirindo tons frios e presença tão vazia
Fruto de enganos, decepções e mágoas.
De farsas enfeitadas com mentiras descabidas

Palavras na garganta nasceram e morreram
Sentimentos no coração pulsaram e faleceram
Não existiam mais poesias, nem ao menos versos.
Já não havia mais retratos, somente estragos.

Teimosas lágrimas molhavam a face
Lavavam a alma de tantos disfarces
Vivendo sua dor como tinha que ser
Aprendendo e preparando para esquecer


Tatiana Moreira

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Há em mim uma sede de teus olhos

Uma vontade de realizar teus sonhos


Há em mim uma fome de tuas mãos

Uma vontade de conter tua emoção


Há em mim uma sede de teus lábios

Uma vontade de sentir teus gostos


Há em mim uma fome de teus toques

Uma vontade de suprir teus porquês


Há em mim uma sede de teus sentidos

Uma vontade de ouvir teus gemidos


Há em mim uma fome de teus carinhos

Uma vontade de realizar teus caprichos


Há em mim uma sede de teus membros

Uma vontade de saciar teus desejos



Há em mim sede, fome e vontade de Você!





Tatiana Moreira




segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Iniciando mais uma semana...

E com ela tantos planos e desejos para realizar.


Gostaria de agradecer a passagem de cada pessoa que aqui esteve.

Compartilhando minhas palavras e sentimentos.

É muito bom conhecer e reconhecer... Seres tão iluminados!


Aproveito a oportunidade para agradecer também, o carinho

da Jacinta do belo Blog Florescer, pelo selo ofertado.

Obrigada de coração!


Que todos tenham uma bela semana e que nossos laços se firmem

a cada dia mais!



Tatiana Moreira



Se um dia alguém fizer com que se quebre

a visão bonita que você tem de si,

com muita paciência e amor reconstrua-a.

Assim como o artesão recupera a sua peça

mais valiosa que caiu no chão,

sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante,

você é a sua criação mais valiosa.

Não olhe para trás. Não olhe para os lados.

Olhe somente para dentro, para bem dentro de você

e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição.

Crie este universo agradável para si.

O mundo agradecerá o seu trabalho.

(Brahma Kumaris)