sábado, 14 de fevereiro de 2009

“Simples versos ou pensamentos”...



“Simples versos ou pensamentos”...
Aí está a resposta:

Nas palavras em que muitas vezes acabo vestido-as ao ler.
Vou seguindo a trilha de caminhos que já não sei escolher.
São os pedaços de histórias que tento aos poucos juntar.
São fragmentos de mim, que busco um dia ainda encontrar!
Por vezes sinto que estou perdida numa Nau sem direção
Naufraga na tempestade de sentimentos que me assustam
Sinto-me atada em palavras que já não quero mais dizer...
Vejo-me presa em procuras que já não posso mais fazer...

Havia plantado flores para que seguisses o caminho
Alimentadas por ciúmes murcharam em desencanto
Das sementes em hibernação poucas germinaram...
Ficaram as ervas que daninhas o coração matam.
Sensato seria que eu guardasse todos os meus versos
Prudente seria ocultar-te todos os meus pensamentos
Mas se fico nua ou vestida de palavras... O que importa?
Sou alma, sou coração... Nessa minha realidade utópica!

Tatiana Moreira