terça-feira, 24 de março de 2009

Saudade...



Sabes tão bem o quanto vives em mim...
Quanto me tens a cada dia, num inicio sem fim.
Vivencio-te como alguém real em minhas rimas
Os sentimentos voam, dão asas as lágrimas...
Que renascem sorrindo ao lerem suas palavras.

Nos meus sonhos, nossos pensamentos se atraem.
Todos os sentimentos represados acontecem...
Nas asas que me destes, sinto a liberdade de voar.
Sobrevivendo em mim a vontade desse doce amar
Deixando-me contigo apaixonadamente embalar...

Tornamos-nos livres para sermos pura essência.
Gravamos no tempo o entrelace dessa história...
Escrevo em cada estrofe o querer dessa constância
São para Ti, minhas palavras na assonância...
Sem pensar em ausência, tempo ou distância!

Ofereço para Ti meus dias e noites em sonhos...
É assim que partilho contigo os meus desejos...
Na ausência de sua presença, farei meus versos.
Inspirarei do vento seu perfume que me invade
Tatuando em minha pele: A saudade!

Tatiana Moreira