terça-feira, 12 de maio de 2009

...



-->
Estava pensando nesses dias...
Até que ponto o outro é aquilo que eu vejo
ou apenas aquilo que eu quero ver...
Queria entender até que ponto o outro não é apenas
uma projeção daquilo que eu sinto...
Até quando, eu conseguirei ver no outro
todas essas coisas que me fascinam
e que, no fundo, talvez nem sejam dele...
Mas minhas expectativas e querências.
Pois Amar não é só conseguir ver,
as maravilhas que descobrimos na pessoa
e desamar é não mais conseguir enxergar.
Vai muito além de tudo isso...


Há um tempo em que aprendemos que
tudo e todos os que a gente ama...
Amaremos pra sempre, de formas e jeitos diferentes...
Há também um tempo em que a gente,
não se envergonha mais das escolhas feitas,
mesmo que elas tenham mudado,
mesmo que elas não sejam as recomendáveis,
ou não tenham a aprovação da maioria das pessoas.


Há um momento na vida...
Em que o mais importante é o “bom senso”...
E a gente aprende que:
“ Quem olha para fora, sonha,
E quem olha para dentro, desperta! ”
E vivendo, vamos despertando para o aprendizado...
que nos faz dar menos importância ao exterior
e mais importância ao que queremos de verdade.
E assim vamos sendo movidos com leveza pela vida...
E esperamos sem duvidar, sem temer, sem cobrar...
Que a Felicidade chegue ao nosso coração
e assim possamos, compartilha-la com quem amamos!


Tatiana Moreira




-->
-->

23 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Tatiana:
É exatamente isso. Muitas vezes, a mior parte das vezes, muitas coisas que vemos nos outros estão em nós.
Mas chega uma idade em que sossegamos, embora a felicidade não nos chegue para sempre, só por momentos felizes que passam, mas deixam belas recordações.
Sua foto está no Feminina.
Hoje fechei 5 Blogs.
Um beijo,
Renata

Tempestade disse...

"E a gente aprende que:
“ Quem olha para fora, sonha,
E quem olha para dentro, desperta! ”

Acho que estou nessa fase!
Beijos Tempestuosos!

Carmem disse...

Sempre aprendemos muito com a vida!... com o amor...e o desamor...temos que olhar para dentro e fazer uma revisão de tudo para seguirmos em frente e nos conhecermos melhor e mais...

Beijo e ______0______

Xana disse...

Vivendo e aprendendo, vivendo e por vezes não sabermos com quem a gente tem ao pé..mas assim é a vida, umas ganhando outras perdendo.
beijinhos e boas reflexões :)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Tati:
Volte ao Feminina, vá ao penúltimo post, e pegue os meus selos personalizados. Quero que vc os ponha no seu Blog de selos, presentes, etc.
Um beijo,
Renata

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ah! fechei 5 Blogs hj.
Beijos,

Roberta Albano disse...

Pareceu bem madura nesta aqui =D

Bandys disse...

Tati,
Se pudesse deixar algum presente a você deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos
A consciência de aprender tudo
o que foi ensinado pelo tempo afora
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem
A capacidade de escolher novos rumos
Deixaria para você se pudesse
o respeito àquilo que é indispensável Alem do pão o trabalho Além do trabalho ação
E, quando tudo mais faltasse um segredo o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída"
[Gandhi]


Lindo seu texto,

beijos

Gato Guga disse...

Post down, mas muito bonito de ler. Bjs.

Eliane Santoro da Costa disse...

Olá querida Tatiana!Concordo com você.
Quem olha para dentro desperta e amadurece.Já não ficamos idealizando como deve ser o outro e aceitamos cada um com suas características e individualidades.
Agradeço ter sentido falta de minhas postagens.

Um abraço com carinho!

Multiolhares disse...

O amor muitas vezes é confundido com paixão, por isso o amor e o desamor, mas o amor é uma escolha nossa , nada tem a haver com pele pois o amor é dádiva pura.
beijinhos

Neuza disse...

Olá amiga, sábias palavras, principalmente no sentido de que só realmente conhecemos as pessoas a fundo com a convivência, com o dia-a-dia, carne, pele, osso, olho no olho, defeitos e qualidades.
Uma coisa é certa, saber enxergar as pessoas por dentro é o que nos faz dar menos importância ao exterior e mais importância ao que queremos de verdade como está em seu texto.
Amar talvez seja ir além, muito além do que talvez não saibamos o que seja na verdade.
Amar seria um sentimento incondicional, por isso tão difícil nos dias de hoje.
Muito bonito o texto e bastante real.
Uma boa semana, beijo em todos. Linda postagem.

Jeanne disse...

Lindo post. Acho que amadurecemos quando conseguimos perceber e aceitar nossas imperfeições e fragilidades, e assim aceitar nos outros também.
Todos estamos em processo de evolução, uns mais outros ainda faltando acontecer o despertar...
Beijos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Tatiana, obrigado pelo elogio. Sei qualificar alguém que me compreenda, admira, ama. E ela me encontrou sim!

Arregaçar a carne e enxergar o cru, sangrando, não é coisa pra gente que só se vê arranhando a superfície macia da pele e acha que tá bom. Se aprofundar e se sentir confortável com o que vemos, enxergamos e até sentimos, muitas vezes nos dá a segurança que sempre buscamos... sossegar a dois é bem melhor!

Até mais.

Jota Cê

-

Ernani Netto disse...

Queria entender a cabeça das outras pessoas, principalmente aquelas por quem me apaixono!

Bjaum

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA TATIANA, BELA COMO SEMPRE A TUA POESIA... ADOREI AMIGA!!!
ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Avassaladora disse...

Tatiana, minha querida!
Até que ponto conseguimos respostas para nosssos questionamentos...
Até que ponto encontramos respostas para tantas perguntas...

Minha linda, eu realmente ainda não sei a resposta...


Beijos e carinhos mil!

©tossan disse...

O importante de tudo isso é que a tua emoção e sorriso sobrevivam para sempre! Beijos

Luciana disse...

Oi Tati, hoje estou sem inspiração para comentar, as vezes eu fico assim acho que já faz parte do meu tratamento, mas li a tua postagem e gostei muito queria poder comentar mais realmente hoje não é o meu dia.
O filme que eu publiquei com o Richard Gere é ótimo.

Bjs

Luciana disse...

Oi Tati, sou suspeita em falar do Batman pois adora personagens como os dele, esse último eu assisti duas vezes uma no cinema e outra em DVD.


Bjs

Pena disse...

Maravilhosa Amiga:
Um poema em que o amor duvida.
Uma sensibilidade coerente, lúcida, plena de sobriedade e bom-senso.
São "as coisas" da INTERNET.
As fotografias são encantadoras. Doces. De seres pequeninos admiráveis de pureza e muita beleza.
OBRIGADO pela visita.
O seu Post?
Quem poderia não gostar? É óbvio que seria impossível não ficar com as palavras sussurrando maravilha, encanto, perfeição.
OBRIGADO por tudo quanto a sua amizade tem feito para mim e para comigo.
Parabéns sinceros pela amabilidade gigante.
Beijinhos de um respeito imenso pela linda princesinha repleta de sonhos e virtudes que é.
Cordialmente e sempre a admirá-la...


pena

peter pan

bruxamarytsha disse...

E vc com certeza está nesse contexto, aprendizagem, é o que todos estamos fazendo aqui amiga, lindo, beijocas

Christi... disse...

Esse despertar do olhar o outro, o amado é uma dádiva,valorizamos assim,antes de perder

Beijos Tati,espero que a correria esteja sendo amenizada com momentos felizes em sua vida.

Chris