quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O homem que eu amo


Um rosto tão familiar
Invade os meus sonhos
Conheço bem aqueles olhos
Que acompanham meus passos
Que percorrem o íntimo com a voz
Acalmando o que faz ser atroz


Um corpo a se aproximar
Observando os meus gestos
Percebendo os meus traços
Desvendando os meus verbos
Atiçando pensamentos profanos
Sendo o mentor dos meus versos


Um anjo a me espreitar
Despertando os meus sentidos
Subornando os meus instintos
Sendo o alvo dos meus desejos
Motivo de todos os meus encantos
Razão do nome dito por meus lábios

Tu és o homem que eu amo!
Tatiana Moreira





-->
Que cada dia que nasce,
seja uma dádiva em seu destino!

Um beijo carinhoso


-->