terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Postagem Coletiva...





Quando o Élcio (Blog Verseiro) propôs que fizéssemos uma postagem sobre a infância ou adolescência eu pensei em muitas coisas que vivi ao longo desses anos de vida. Foram muitas as pessoas que de alguma forma marcaram a minha vida e continuam marcando.  Foram muitas pessoas que entraram e saíram da minha vida, foram muitas alegrias e algumas decepções. Vivi partidas de pessoas queridas e muitas chegadas à vida de pessoas que eu amo muito.
Mas como esse blog é Simplesmente Amor, resolvi postar sobre o meu primeiro amor, uma pessoa maravilhosa que me ensinou muito.






Eu tinha acabado de completar 14 anos de idade, quando pela primeira vez eu o vi, já havia ouvido falar muito dele.
Aproveitando o final de semana, estava em um shopping com amigas e amigos, quando percebi a presença dele no mesmo espaço em que nós estávamos. Naquele tempo ele era todo descolado e fazia o maior sucesso entre as garotas. Eu ficava admirada de vê-lo sorrindo e fumando seu cigarro soltando bolinhas de fumaça que se desfaziam no ar...
Mas para a minha surpresa, naquele dia eu fui à garota que chamou a atenção dele e percebia que constantemente ele me olhava. Cheguei a ficar sem graça com a forma com que os nossos olhos sempre se encontravam. Nem preciso dizer o quanto isso me deixou abalada e ele passou a fazer parte constante da minha memória...  Mas não foi nesse dia que tivemos o nosso primeiro contato e sim um bom tempo depois. Ele havia terminado um namoro e eu quem agora estava namorando um rapaz, mas ao nos reencontrarmos e conversarmos percebia que bem na minha frente estava a pessoa especial com quem eu gostaria de conviver. Não demorou muito para que eu terminasse o namoro e firmássemos um compromisso. Ele passou a frequentar a minha casa diariamente, conquistou a minha família inteira com sua maneira de tratá-los, foi estudar na mesma escola que eu e nós não conseguíamos mais ficar distante um do outro. Para mim era Deus no céu e ele na terra. Eu o admirava em tudo, fiquei completamente apaixonada. Por amar demais eu sentia muito medo de perdê-lo, principalmente por causa do jeito de ser dele, que estava sempre envolvido em alguma briga ou confusão com a turma dele e a de outros bairros da cidade, sendo essa uma das razões que mais nos fazia desentender e acabar brigando e com o tempo... Afastando. Isso sem falar nos ciúmes que ambos sentíamos um do outro...
Nós ficamos juntos, por mais de dois anos, foi com ele que eu descobri o que é o verdadeiro amor. Foi para ele que eu fiz os meus primeiros versos...
Acredito que ainda hoje se eu o encontrar, minhas estruturas vão balançar. Não por querer voltar para ele, mas por saber que dentro de mim ele foi um grande e verdadeiro amor!
Se um dia ele passar por aqui e ler as minhas palavras ele compreenderá que para mim a nossa amizade nunca deixará de existir.





Tatiana Moreira




46 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Ah,primeiro amor. Que gostoso! Adorei.Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Que linda história vivida por vc amiga.
O primeiro amor, o primeiro namorado, passe os anos que passarem, mesmo a gente tendo um compromisso com outra pessoa, o primeiro nunca esqueceremos.

Obrigada pela sua visita amiga, é muito bom tê-la sempre em meu espaço.

beijooo.

paula barros disse...

Geralmente as vivências do primeiro amor nos marcam profundamente.

Me trouxe lembranças.

beijo

Olavo disse...

Sempre fica..incrivel isso pode vim amores mais o primeiro é inesquecivel..
beijos

Liene disse...

Que legal Tatiana!
Gostei da sua postagem... Esses primeiros amores nos fazem suspirar!

Quanto a foto, olha só a minha cara de choro... rsrs

Beijo grande!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo momento de vida, Tati. Viva você! Viva o Verseiro! Vivamos! Viva a Vida!

Deixo-lhe estas palavras emprestadas, que exprimem o que quero, mas por ora não consigo.
Beijos********
Renata

*Memória

Incontáveis os dias teceram em meus olhos, as janelas e portas que arrasto comigo.
A mémoria é um arame tenso onde as imagens repousam como roupas velhas num varal.
Imersa, em perfeito estado de fotografia, a vida pulsa veloz.

Fernando D'Andrea*

Ps: Também estou participando. Só que do meu jeito. Se vc voltar e prestar bastante atenção no post, assistir ao vídeo, e olhar bem para o meu perfil, verá. Para mim, o dia é sempre hoje. Cada dia por 1 dia.
+ Beijossssss

Isa disse...

Linda história,Tati!!
Beijo.
isa.

angela disse...

Linda lembrança que resolveu compartilhar com todos.
Gostei muito do relato.
beijos

Bandys disse...

Tati,

Lindo@!! Falar do primeiro amor com essa ternura que você falou.

E o carinho que você tem por ele.

O primeiro amor fica guardado dentro de cada um de nós
Como o toque mais terno, o beijo mais esperado e a alma mais pura.

Beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA TATIANA, BELISSIMA POSTAGEM...LINDA LEMBRANCA...ADOREI A MANEIRA TAO CARINHOSA COM QUE FALASTE DO TEU PRIMEIRO AMOR...QUE TENHAS UMA FELIZ SEMANA!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Bonito esse sentimento e quem nunca teve esse amor? E como é importante para nosso futuro amoroso essa experiência.......


BJS

Hod disse...

Encontro no seu sentir adolescente uma paralelo.
Participei da Coletiva de Rebeca do Néctar da Flor com o Um conto de Amor! Conheça!!

http://carpediem-hod.blogspot.com/2009/11/fragrancia-do-nectar-da-flor-um-conto.html

Sua experiência como a minha ficou indelévelmente marcada na alma.

Bastante contente por sua visita e fazer-me saber que participas da Coletiva de Verseiro.

Beijo Tatiana com muitas bençãos.

Alôha,

Hod.

Mel disse...

Ain que lindo...
Ah!! o primeiro amor será sempre o primeiro amor.
Muito bonita sua história.
Eu não tive um primeiro amor
digno de ser lembrado. Mas
vale a pena viver cada dia, cada mágoa e cada amor.
sendo bom ou não, é a história que terá para contar!

Beijos Tati
Seu blog é divino.

Mel disse...

Ah, meu primeiro amor, pra que fique claro, não foi horrível, foi horrível pra mim ele ter acabado.
:(

Mas o meu coração, tem memória de muito GB. Cabe muitos amores ainda,
pra eu lembrar quando estiver velhinha. hihi

Karla Thayse disse...

Linda história de amor Tatiana. Você acredita que exitem várioa amores? um primeiro, um segundo, um terceiro e por aí vai... Eu queria acreditar também. Obrigada pelas palavras de carinho no meu blog, me fizeram bem. Te desejo muito amor!
Beijoo

Pedrasnuas disse...

SÃO ESSAS PAIXÕES QUE NUNCA MAIS SE ESQUECEM...ACHO QUE TODAS TEMOS MOMENTOS DESSES...

JÁ AGORA APROVEITO PARA RECORDAR AQUI UM AMOR QUE TIVE HÁ MUITOS ANOS...ESTUDÁVAMOS JUNTOS...DESCOBRI-O NA TURMA...NAQUELA ALTURA ELE ERA UM ENCANTO...BOA PESSOA,CULTO...UM MIMO DE RAPAZ...APAIXONEI-ME POR ELE...E ANDÁVAMOS SEMPRE COLADOS ...EU AGUARDAVA ANSIOSA QUE ELE SE DECLARASSE...
ATÉ QUE UM DIA ELE PEDIU PARA FALAR COMIGO,UMA CONVERSA SÉRIA...O MEU CORAÇÃO DISPAROU...FALOU-ME QUE SE SENTIA MUITO APAIXONADO... FIQUEI RADIANTE COM A REVELAÇÃO MAS LOGO A SEGUIR MURCHEI LITERALMENTE QUANDO ELE PEDIU-ME PARA AJUDÁ-LO E DAR UMA PALAVRINHA A UMA OUTRA COLEGA POR QUEM ELE SE ENCONTRAVA PERDIDO DE AMORES...LEMBRO-ME AINDA HOJE DA DOR QUE AMORDAÇOU O MEU ESTOMAGO...EU NEM QUERIA ACREDITAR...ENGOLI EM SECO E ATENDI AO SEU PEDIDO...MAS ELA NÃO O QUERIA ...ELE FICOU SOZINHO MAS NUNCA TIVE CORAGEM DE LHE CONTAR NADA ACERCA DOS MEUS SENTIMENTOS....QUERIA QUE ELE ME VISSE...MAS NADA!
VIERAM AS FÉRIAS E EU SEMPRE COM ESPERANÇA...NÃO CONSEGUIA ESQUECÊ-LO. FAZIA DE TUDO PARA ENCONTRÁ-LO NUMA ESQUINA QUALQUER ,FINGINDO SER OBRA DO ACASO...ATÉ QUE UM DIA ARRANJEI CORAGEM,LIGUEI-LHE E PEDI-LHE UM ENCONTRO NO CAFÉ.
ASSIM ACONTECEU...AO VÊ-LO TIVE UMA VONTADE DOIDA DE LHE DIZER TUDO...ELE ESCUTOU-ME ATENTAMENTE, CONFESSOU-ME QUE NÃO IMAGINAVA QUE EU GOSTASSE DELE... MOSTROU-SE A ALIANÇA DE NOIVADO. AS LÁGRIMAS TOMBARAM ABUNDANTEMENTE PELO ROSTO...ELE IA CASAR COM OUTRA...INACREDITÁVEL!!!
AFASTEI-ME MAS NÃO DESISTI...E MASOQUISTA ESPEREI PELO DESFECHO DO NOIVADO....QUANDO TERMINOU VOLTEI A APROXIMAR-ME...ATÉ QUE NAMORAMOS...EU ESTAVA COMPLETAMENTE CEGA E NÃO VIA O ÓBVIO...ELE ESTAVA COMIGO DE UMA FORMA FRIA,DISTANTE...ATÉ QUE UM DIA DISSE-ME AS PALAVRAS QUE ME ACORDARAM DEFINITIVAMENTE:
- GOSTO DE TI COMO UM IRMÃO....NADA MAIS .

DEPOIS DISSO PAREI, CHOREI E FINALMENTE DEIXEI DE AMÁ-LO...
OS ANOS PASSARAM,ELE CASOU COM OUTRA... VIA OCASIONALMENTE E O MEU CORAÇÃO BALANÇAVA...DEPOIS TEVE DOIS FILHOS E O TEMPO ENCARREGOU-SE DE TORNAR TUDO INDIFERENTE...GRAÇAS A DEUS QUE FICARAM APENAS AS MEMÓRIAS DISTANTES DE ALGUÉM QUE AMEI MUITO QUANDO TINHA 20 E POUCOS ANOS

DESCULPA TER DEIXADO AQUI O MEU TESTEMUNHO...OBRIGADA PELO COMENTÁRIO...

GOSTEI MUITO DE TE LER...

BEIJO CARINHOSO

Pena disse...

Enternecedora e Mágica Amiga:
Uma aprendizagem de vida que passou com sensível beleza e encanto na sua existência.
Tenho registadas na minha interioridade algumas, mas não vou incomodá-la com elas, seria inoportuno e a despropósito.
Uma a narração GIGANTE e ENORME do seu delicioso e extraordinário primeiro amor, como muitos que deve possuir agora.
É bonita como uma princesinha doce.
Sou demasiado humano e sensível para escrever os meus amores de adolescência que fazem parte do que sou e de mim.
Soberbo texto que já registei no meu "Livro da Vida" feita para estas ocasiões fascinantes e perfeitas. O seu coração de pureza merece o melhor das pessoas.
Desejo-lhes felicidades com emoção e de forma sensibilizada perante a ternura e beleza de si.
Beijinhos amigos.
Fantástica!
Sempre no maior respeito e admiração da forma fabulosa como escreve e imensas pessoas comentam com paixão e deslumbre pelo seu génio mágico.

pena

MUITO OBRIGADO por me dar importância simpática no meu blogue.
Como vê mal me visitou respondi logo. Isso é muito significativo, não acha? Mas, compreendo que não vá logo comentar. Outros valores preciosos se levantam com maior facilidade.
Bem-Haja, lindíssima amiga.
Adorei.
Parabéns ao seu amigo e muito sucesso na vida para os dois, são os meus desejos sinceros.

Maria Dias disse...

Oi Tati...

Enfim cheguei de férias e vim até aqui retribuir a tua visitinha.Vim e voltarei...Adorei seu cantinho e as lembranças do seu primeiro amor...Tb tenho inumeras lembranças deste tempo ingenuo e cheio das descobertas...

Estou de volta e trouxe lembranças na bagagem te aguardo!

Beijinho

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Tatiana,não é que você conseguiu não sair do seu estilo de postar...rsrs
Aos catorze anos eu era apaixonado por uma menina 20 cm mais alta do que eu...rsrs...mas ao contrário do seu amor, eu era colado ao invés de descolado...rs
´Da mesma forma ficava olhando e até era correspondido, mas a dúvida me consumia...até que um dia fui em frente e tomei o toco mais bonito da minha vida...e como tudo na minha vida coloco uma pitada de humor...chorei com o desencanto...rsrs...foi um drama quase mexicano...
Hoje somos amigos,depois de muitos anos econtrei com ela num julgamento onde fomos jurados...
A vida é mesmo engraçada...
Olha..valeu pela participação,não foi uma passagem engraçada...rs pelo contrário, foi uma passagem bonita, que marcou sua vida, sua existência...
Brigadim por marcar presença...
Um abração na alma simplesmente amor...
Valeuuuuu...tá super legalaspostagens...bjo

Palma da Mão disse...

Olá Tatiana, que ternura, é curioso como guardamos por uma vida o primeiro amor, até podemos esquecer ou não lembrar alguns que passam pelo meio, mas do primeiro, acho que qualquer pormenor se torna um detalhe importante:)
beijinhos, gostei muito, desculpa pela ausência mas não me esqueci:)

tossan disse...

Muito lindo e especial! Eu sou diferente, gosto mais do hoje não consigo lembrar da primeira namorada só da atual que é mais real e me faz feliz. Beijo

Dil Santos disse...

Oi Tatiana, tudo bem?
Humm é tão bom essas lembranças né? Me recordo de tanta coisa boa que me aconteceu.
Foi linda sua memória do 1° amor,rsrs
Então, que bom q gostou, rs
Bjo
:)

Franzé Oliveira disse...

Adorei o post. Sua história.

Beijos menina.

Andreia disse...

Olá Tati,
que linda tua história de amor!
O primeiro amor não tem jeito, marca mesmo.
Adorei saber um pouco maios de você.
Obrigada pela visita querida e por tuas palavras.
Também vou paticipar do aniversário do Élcio, gosto muito dele. Vou postar agora, depois se puder passa lá pra ver.
Beijo na alma minha linda, és muito especial sabia!!!

José disse...

Olá Tatiana, bonita historia de amor
e esse amor ter acabado, quem perdeu foi ele, perdeu uma menina bonita sensível, e ainda por cima já era nessa altura poetisa.

um beijinho cararinhoso,
José

Cleo disse...

Oi Tatiana. parabéns pela participação da festa no Verseiro. e o primeiro amor a gente nunca esquece.
Beijos no coração
Cleo

Cleo disse...

Oi Tatiana. parabéns pela participação da festa no Verseiro. e o primeiro amor a gente nunca esquece.
Beijos no coração
Cleo

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

Beijo bem grandão!

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

Beijo bem grandão!

Rebeca

-

Sanzinha disse...

Que linda sua história, Tatiana.
Me fez lembrar tanta coisa.
Adorei ler.
E vc viu que ratinho eu era? kkkkkkkk

Beijos, querida!

EDUARDO POISL disse...

Hoje vim aqui agradecer pelas lindas palavras e carinho comigo nos teus comentários.
Obrigado do fundo do meu coração.

" Depois de algum tempo você aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida,mas quem você tem na vida."
- W. Shakespeare

Abraços com todo meu carinho

meus instantes e momentos disse...

vir aqui, é como se fosse sempre a primeira vez.
belo post. É tão bom os primeiros "tudos"...
Tenha um ótimo dia.
Maurizio

A Magia da Noite disse...

Será sempre o primeiro amor inesquecível.

Sandra disse...

Um grande amor, nunca se esquece amiga.
Ficou muito lindo a participação. Um bela história.
Todos nós temos uma...A nossa vida é marcada por elas. Mas um grande amor, mora, vive e é guardado desntro do nosso coração..
Somente el sabe o segredo que carrega.
Um grande abraço.
sandra.
Amei a sua visita.
Mesmo com o olho inchado eu vim prestar este carinho. Obrigada.
Venha sempre.
Sandra

Sandokan disse...

Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
Nunca desistas dos teus sonhos… e nunca os deixes para trás. Encontra-os, torna-os próprios e durante toda a tua vida tem muito carinho por eles e nunca os deixes partir. Necessitas de muita dedicação para realizares os teus sonhos, porque eles não se realizam por magia dado que a magia é pura ilusão – o alimento dos perdedores - que nunca te vai tirar do lugar onde te encontras.
BOA SEMANA!

A.S. disse...

Querida... é sempre uma delicia ler-te!


Beijos...
AL

Jana Barreto disse...

esses amores-amigos assim, nunca dá pra esquecer. :)

Jéll C. disse...

O primeiro amor sempre marca *-*
Linda História ;*

Reflexos Da Vida disse...

Há quem diga que o primeiro Amor é o mais marcante,mas no meu modo de ver é aquele que faz voê esquecer o primeiro e os Demais!
É aquele que faz seu passado ser esquecido,o seu presente ser vivido e seu futuro,Ah!Esse,não terá importância pois o presente será suficiente para não pensar no que poderá acontecer!
Boa semana e um Abraço Carinhoso...

Alê disse...

Conheço essa história Tati.
E sei o quanto você gostou dele.
Foi um tempo que deixou boas recordações.
Isso que é importante.

Bjos

Pena disse...

Oh, Maravilhosa e Doce Amiguinha de sonho:
"Confeccionou" um perfeito e gigantesco texto em prosa/poética sobre si e sobre o seu primeiro enamoramento profundo, vivido com intensidade e de forma plena.
Tem razão. Geralmente, partem e não regressam esses amores tão puros, lindos e adoráveis de deslumbre e encanto.
Parabéns sinceros pelo GIGANTESCO coração doce que possui.
Tive alguns também, mas penso que o platonismo abarca estes amores primeiros da existência e não passam disso, apenas marcam pela significação e ternura da sua extraordinária pureza.
Adorei, o seu lindo sentimento.
Beijinhos amigos.
Sempre a estimá-la e a respeitá-la.

pena

Bem-Haja, pela ternura que expressou com meiguice e beleza no meu blogue.
É um Ser Humano delicioso e deslumbrante.
Quanto afecto tem para dar? Creio, que imenso. É isso que faz a sua preciosidade terna e deliciosa falar, desta forma, com tanta ternura mágica e de sonho que distribui pelas pessoas.
MUITO OBRIGADO, amiga!

Eliane disse...

Que bonita história de amor,Tatiana!O primeiro amor é sempre marcante!
Beijos!

EDER RIBEIRO disse...

Querida Tatiana qdo o amor vem da alma se iguala a alma e torna-se imortal. Bjos.

Don Juan disse...

Ola " Tatiana " ...

Gostei da sua visita e do do seu blog, estupendo , parabens. Beijo

bruxamarytsha disse...

Que bela recordação, o primeiro amor nunca se esquece, beijocas

Millifer disse...

Não tem nada mas lindo que historia de primeiro amor,Meu Deuss como amei ler a sua lembrei da minha rsrsrs
obrigada por compatilhar conosco essa emoção tão gostosa,obrigda pela visita fika c/ Deus e Bom domingo lindinha.
bjusssssssss