quinta-feira, 29 de abril de 2010

Outono em renovação



Assim como aquela estação do ano marcava os dias... Ela também estava sentindo que em seu íntimo, uma renovação precisava acontecer.


Olhava através da janela e via as folhas desprendendo-se das árvores, bailando no ar e acomodando-se no chão.


A brisa fria que invadia a janela fazia a sua pele arrepiar. Acolhia-se entre os braços e buscava no horizonte algo que seus olhos pudessem pousar.


Sua mente vagava distante em terras longínquas, lá a estação estava diferente, a renovação já havia sido realizada. Não deixava mais vestígio do que passou.


Sentia no peito uma dor angustiante, mas, havia prometido a si mesma não mais sofrer por algo que não podia modificar.


Agora tudo o que restava era cultivar a terra e acreditar que novas sementes, ali pudessem germinar e futuramente florir.


Passou então a cuidar-se, a conhecer-se mais e melhor, a criar metas para que pudesse alcançar a pequeno prazo seus ideais, assim sentiria motivada a não parar e a seguir em frente.


Os dias foram passando e junto deles aquele sentimento estava transformando, o que antes causava dor ao ser lembrado, hoje havia se transformado num incentivo para a mudança, e não mais trazia desconforto.


As árvores já estavam praticamente vazias de suas folhas, as poucas que restavam, ganhavam um tom amarelado, mostrando que em breve o seu destino seria o mesmo que o de tantas outras... O bailado no ar e a acomodação a nova realidade.


Recolheu as folhas e decidiu fazer delas o adubo para a próxima estação. Preparou tudo com muito carinho e dedicação, no tempo apropriado, cultivaria a terra, enriquecendo-a para o que poderia dela nascer.


Assim também estava o canteiro de seu coração... Preparado para receber as novas sementes que brotariam dando vida a novas flores e frutos através de sua renovação em uma nova estação.



Tatiana Moreira




Participação na Postagem Coletiva do  
Blog Espaço Aberto

Na próxima semana além do sorteio do livro,
teremos uma entrevista fantastica.


Não perca!



Um beijo carinhoso para quem passar por aqui