quinta-feira, 29 de abril de 2010

Outono em renovação



Assim como aquela estação do ano marcava os dias... Ela também estava sentindo que em seu íntimo, uma renovação precisava acontecer.


Olhava através da janela e via as folhas desprendendo-se das árvores, bailando no ar e acomodando-se no chão.


A brisa fria que invadia a janela fazia a sua pele arrepiar. Acolhia-se entre os braços e buscava no horizonte algo que seus olhos pudessem pousar.


Sua mente vagava distante em terras longínquas, lá a estação estava diferente, a renovação já havia sido realizada. Não deixava mais vestígio do que passou.


Sentia no peito uma dor angustiante, mas, havia prometido a si mesma não mais sofrer por algo que não podia modificar.


Agora tudo o que restava era cultivar a terra e acreditar que novas sementes, ali pudessem germinar e futuramente florir.


Passou então a cuidar-se, a conhecer-se mais e melhor, a criar metas para que pudesse alcançar a pequeno prazo seus ideais, assim sentiria motivada a não parar e a seguir em frente.


Os dias foram passando e junto deles aquele sentimento estava transformando, o que antes causava dor ao ser lembrado, hoje havia se transformado num incentivo para a mudança, e não mais trazia desconforto.


As árvores já estavam praticamente vazias de suas folhas, as poucas que restavam, ganhavam um tom amarelado, mostrando que em breve o seu destino seria o mesmo que o de tantas outras... O bailado no ar e a acomodação a nova realidade.


Recolheu as folhas e decidiu fazer delas o adubo para a próxima estação. Preparou tudo com muito carinho e dedicação, no tempo apropriado, cultivaria a terra, enriquecendo-a para o que poderia dela nascer.


Assim também estava o canteiro de seu coração... Preparado para receber as novas sementes que brotariam dando vida a novas flores e frutos através de sua renovação em uma nova estação.



Tatiana Moreira




Participação na Postagem Coletiva do  
Blog Espaço Aberto

Na próxima semana além do sorteio do livro,
teremos uma entrevista fantastica.


Não perca!



Um beijo carinhoso para quem passar por aqui

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Quando te conheci









Foi assim que eu me senti, quando te conheci!





Tatiana Moreira 

 






Olá Gente bonita... Não esqueçam do 
Para participar é super fácil.
Basta deixar um comentário dizendo que irá participar 
da Postagem Coletiva e no dia fazer a sua postagem no seu blog. 
Você vai ter um link em nosso blog com o número da inscrição 
de seu blog para o sorteio do livro 
e para receber a visita dos outros participantes.


Boa sorte!!!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Convite para os amigos...



 

-->
Olá Amigos!
Eu, o Elcio, a San e o Wilson, nos unimos para criar
O Espaço Aberto, que é um blog para todos nós!
Venha conhecer e participar da 1ª Postagem Coletiva:
Para participar é super fácil.
Basta deixar um comentário dizendo que irá participar 
e no dia fazer a sua postagem no seu blog. 
Você vai ter um link em nosso blog com o número da inscrição 
de seu blog para o sorteio do livro 
e também para receber a visita dos outros participantes.
Boa sorte!!!


-->

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Você em mim

-->


-->
Fecho os meus olhos
Na esperança de que assim
Eu possa decifrar seu efeito
Sobre tudo que há em mim
Fecho os meus olhos
Para aguçar mais no ouvir
O poder da sua voz
Sobre a minha mente
Que a todo instante
Mesmo que não perceba
Invade meu subconsciente
Fecho os meus olhos
Para que meu paladar
Apure o seu gosto
Que então me embriague
Nesse imenso querer
Fecho os meus olhos
Nesse desejo intenso
De que cada detalhe seu
Seja fixado no interior, meu!


Tatiana Moreira





Feche os seus olhos e sonhe...

Um abraço carinhoso 

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Prisioneiros do tempo

Imagem: Prisioneiro do Tempo -  Autoria:Cacinho
 

No momento certo

No diário da vida

Eles se encontraram

Ele poeta das estrelas

Ela aprendiz do espaço

Atraídos pelo destino

Guiados por sentimentos

Separados pela distância

  Passam os dias...

Correm as horas...

Minam os segundos...

Ele prisioneiro do tempo

Ela algemada a razão

Ambos seguindo a missão

Afastados em corpo

Unidos pela alma

Renascem novos dias...

Recriam novas horas...

Reconstroem os segundos...

Ele se torna vento

 Ela se faz brisa

Juntos entrelaçados no tempo

Ligados pela paixão e dor

Sentenciados a viver o amor

 

 

 

Tatiana Moreira




Agradeço ao Amigo Cacinho,


por permitir o uso de seu belo desenho na postagem



Agradeço a sua presença...
Um abraço carinhoso



domingo, 4 de abril de 2010

Poema do Amor Louco

-->

Um louco amor
Fez morada em meu ser
Entrou sem pedir licença
Fincando a sua bandeira
Um louco amor
Percorre as minhas veias
Pulsa forte por cada canto
Demarcando sua presença
Um louco amor
Vive em minhas entranhas
Aguça os meus desejos
Tomando posse definitiva
Um louco amor
Enraizou-se em mim
Numa doce loucura
Que não tem mais cura!
 

Tatiana Moreira

-->

Desejo uma Feliz Páscoa para todos!
Beijos carinhosos