sexta-feira, 13 de maio de 2011

Em ti...




Em suas mãos eu deslizo
Feito água nascida da fonte
Escorrego por seus dedos
Que aflitos me percorrem
Desnudam a minha alma
E aquecem o meu sangue



Em seu corpo me enraízo
Desenvolvendo silente
Guardando-nos em segredos
Que nos levam muito além...
Das loucuras desse dilema
Que por dia e noite nos persegue



Em nós... Tudo se faz desejo
Que entranha por nossa pele
E as temperaturas vão aumentando
Que nos tornam do querer refém
Neste sentimento que nos aproxima
E desta vida que nos extingue


Em ti...  Deslizo... Enraízo... Desejo!


Tatiana Moreira



 Obrigada a todos que passaram por aqui...
e marcaram presença nos comentários!

Um beijo carinhoso


39 comentários:

Paula Barros disse...

Uauuuu!!! Sensualidade com muito bom gosto. Esse deslizar por mãos, em mãos...

Ótimo final de semana.

beijo

Poeta del Cielo disse...

bloger ya hace un tiempo anda medio raro y dificultando los comentarios y las entradas tanto que mi ultima entrada la elimo y con ellas los lindos comentarios... ya hoy todo vuelta a lo normal paso a saludarte amiga.. y felicidades siempre....

muy hermoso poema dedicado amiga una hermosa pluma la suya....

saludos
linda semana
abrazos

Natalia Oliveira disse...

"Em ti... Deslizo... Enraízo... Desejo!" Lindo isso Tati!
Quando os sentimentos são aflorados dessa maneira,só nos resta se entregar!
Aproveito que estou aqui visitando esse cantinho de amor, para te agradecer pela força e pelas palavras de incentivo. Você é uma pessoa iluminada Tati.Beijos

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

A certeza de ser é isso.

JC

ValeriaC disse...

Poema divino, sensual, romântico...adoreiiii...
Minha querida, tenha um feliz final de semana...beijos...
Valéria

Majoli disse...

Quanta sensualidade em sua poesia minha querida.
Amei, amei e amei por demais.
Isso tudo é puro êxtase.

Beijos com carinho no teu coração.

ANIMAÇÕES disse...

Impossível vir aqui e nao se emocionar...
linda poesia.
a música maravilhosa...

parabéns

bjs

M@ria disse...

Eu queria escrever luxuoso.
Usar palavras que rebrilhassem molhadas e fossem peregrinas.
Às vezes solenes em púrpura, às vezes abismais esmeraldas, às vezes leves na mais fina seda macia

Clarice Lispector

Bom FDS e beijos meus...M@ria

Livinha disse...

Tati,

Lindo e sensual, escorreito como as águas naturais, banhando sementes que entre raízes, seguem fecundando...

Maravilhoso...

Carinhos de beijos

Livinha

Carla Ceres disse...

Lindo, delicado, de bom gosto... Perfeito!
Beijos!

Milton Kennedy disse...

Oiê amiga Tatiana,

Muito bonita a sensualidade deste poema.
Como não apreciar?
;)

Gde abç

maria disse...

Que lindo Tatiana...fiquei deliciada.
Um beijo meu e um bom fim de semana

Sotnas disse...

Olá poetisa Tatiana, desejo que tudo esteja bem contigo!
Sempre a tua sensibilidade de com palavras simples conseguir expressar os sentimentos!
Gostei da sensualidade expressa no trecho em que mãos nada bobas, exploram campos minados somente de pura sensualidade e desejo!
Parabéns pelo belo poema, e sempre me visita me deixa feliz com tuas sempre carinhosas visitas e comentários!
Sendo assim desejo a você e todos ao redor sempre, muitas felicidades, grande abraço e, até mais!

mfc disse...

E assim se canta o amor de uma forma linda e intensa!

Samaryna disse...

Tatiana, os teus poemas extravasa em emoção. Deixo o meu afeto.

Márcio Ahimsa disse...

a noite é uma tempestade dissolvida em orvalho de dois corpos num mar salgado de amor.

Beijo.

Smareis disse...

Um poema sem voz no grito sentido de todas as palavras. Gostei muito de conhecer seu espaço. Seu poema é lindo, parabéns!

Esplendor da Criação disse...

Em ti deslizo, enraízo... A transparência da alma em palavras. Linda querida. Um ótimo domingo pra vc.Bjs.

AomaraLuz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AomaraLuz disse...

Hermosa sensualidad y sensibilidad de las palabras hechas poesía.

Saludos, Foto y Luz

Maria disse...

Amiga lindissimo!!!
Tenha um excelente domingo e uma boa semana plena de alegria e paz.
“Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” Osho
Beijinhos
Maria

IT disse...

Um Desejo ViScErAl...

que desliza, umidece, acaricia e,

se extasiam de AmOr!

Palavras que
beijam se abraçam
Nudez que denuncia
O avesso do aveSsO
Palavras com asaS.
Que voam e se Entregam.

IT

Alice Nascimento disse...

Fase boa demais...sentida também em toda profundidade por suas palavras nesse poema denso!!!! Forte!!!!

grande beijo

sonho disse...

Deslizam sentimentos...sensaçoes nas palavras...nos atos...no amor...:)
Beijo d'anjo

Paula Barros disse...

Linda música escuto...nem sempre estou num computador que escuto as músicas.

beijo

Deia disse...

Tati! Quando li seu poema pensei nas vezes em que não criamos raízes, e numa chuva qualquer, somos arrancadas do solo, rasas... Do contrário, seu poema nos mostra a beleza de aprofundarmos nossos sentimentos, emoções, compromissos. Por vezes o vento irá balançar-nos, mas quão mais funda for nossa raiz, maior a chance de sobrevivermos sem machucados profundos - uma folhinha aqui e ali arrancadas, mas íntegras na essência! Muitos beijos, cheios de admiração! Deia

Anne Lieri disse...

Ai Tatiana!Está mesmo de suspirar esse momento de amor em sua poesia!Só quem ama,escreve assim!Linda demais!Bjs,

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Tatiana
Um poema carregado de amor e desejos, numa perfeita sintonia dos corpos.
Bjux

laurinhando por ai disse...

Tatiana

Falas de amor com uma sutileza como ninguém!!
Adoro Maria Gadu...
Fiquei feliz em te ajudar, mesmo de tão longe!!!
Aquieta teu coração que essa dor acalma...
bjos
Laurinha

Beta disse...

Obrigada por ajudar a divulgar querida!

Muitas pessoas precisam, mas poucos conhecem...

bjkas

Hugo de Oliveira disse...

Lindo demais...
abraços
de luz e paz

Marcia Morais disse...

Lindissimo!!! bjos!

Valter Montani disse...

Muito belo e sensual Tati, obrigado por compartilhar conosco, bjs

Bandys disse...

Lindo demais!
Cheio de amor e ternura.

Beijos

Zélia disse...

Sempre Amor e Amor sempre.

Bom estar aqui! ;)

Daniel Hiver disse...

Gostoso deslizar pelas mãos de quem nos acolhe... escorregar os dedos em quem nos toca... sentir o quente calor do sangue nos incendiando o rosto... Guardar e desvendar segredos de quem se enraizou em nós de um jeito que não sai...
Gostoso sentir as temperaturas oscilando em nossas extremidades... alterando nossas umidades...
Fazendo nossos desejos predominarem
e.......
Deslizarmos... Enraízarmos... Desejarmos!

Sonhadora disse...

Minha querida

Sensualidade à flor da pele...num poema de amor maravilhoso, adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

A.S. disse...

Tatiana,

Deixo-me deslizar pelas sílabas do poema
para melhor te poder sentir
deslizar por entre as minhas mãos...

Beijos!
AL

JGCosta disse...

Quem tem o amor por inspiração, fala baixo, mas é escutado longe... Assim é a amiga!

Abraços, todos, renovados!