quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Asas...



Recebi de Ti
Numa doce ternura
Um par de asas
Nelas em que me acolhia
Quando a saudade invadia
Ao abri-las
Tinha o poder de viajar
Mesmo sem sair do lugar
E junto a Ti
Eu sempre estava!




Mas... O tempo passou...




E por mais que eu tente
Já não estão como antes
As penas pesam no desencanto
Doem causando feridas
Para não mais sucumbir
Nessa espera...
Devolvo para Ti
As tuas asas...
E peço ao tempo que cure
Ajudando-me a viver
Sem Ti e sem elas!




Tatiana Moreira





Que o novo ano possa nos trazer novos ares...

Novos sonhos e novas realizações!


Um abraço carinhoso para todos


15 comentários:

eder ribeiro disse...

Tati, que seu ano seja leve como uma pluma e que novas asas possa lhe alçar novos voos. Bjos.

ZilMar disse...

lindo poema...

que o novo ano lhe traga um novo par de asas...sem sofrimento...só alegria...só amor...e vc possa voar leve...como merece...

um grande e afetuoso abraço...

Zil

Milton Kennedy disse...

Oi amiga Tatiana,
bem vinda.
Poema melancólico mas de um deslumbramento que encanta.

A escolha das imagens também está maravilhosa.

Por aqui igualmente estou devagar com o blog...


Bjs


=D


.

Bela disse...

Minha amiga

Por vezes já não conseguimos voar com as asas que temos ... então temos de as entregar ...
Por muito que fiquemos feridos ... o tempo é um bálsamo ... e a vida nos proporciona outras asas para voarmos livremente e alegremente.

Bjos de esperança

Aline disse...

Linda poesia!
Feliz 2012!
Aline

Mário Margaride disse...

Lindo poema amiga Tatiana!

Feliz 2012!

Beijinhos

Mário

Tânia Lyrio disse...

Tati,novas asas...asas renovadas pra ti!Beijos

VELOSO disse...

Vamos voando,navegando ou caminhando mas vamos vivendo... E amando... Tudo de bom em tudo e sempre!

Deia disse...

Tati, que lindo! De um par de asas emprestado precisamos aprender a fazer crescer nossas próprias asas, pois às vezes somos obrigadas a devolver as asas que não nos pertencem, mas que tanto nos farão falta... Por isso é que as tenho tatuadas na pele! Um beijo, Deia.

Cidinha disse...

Olá, Tatiana. Seja bém vinda! Um maravilhoso ano novo pra vc. Lindos versos delicados. Adorei esse par de asas! Bjinhos com carinho.

Vinicius disse...

Tatiana, que bom que voltaste! Voltaste sem asas, mas não perdeste o celeste brilho que encerras na poesia.

Abraço

*** Cris *** disse...

Lindo poema!
Feiz 2012!

Sandra Botelho disse...

Que o ano novo lhe traga um par de asas novinho, carregado de força, fé amor e muita paz. Bjos achocolatados

mfc disse...

Precisas de sorrir, de sonhar e de voltar a voar... novamente!

rui disse...

Tatiana..comeco por te desejar um
excelente ano..tao bom quanto o desejo para mim..
Quando...viajamos com alguem..
é porque sentimos algo por essa pessoa..esteja ela perto ou longe
O voar é um sentimento de prazer
e há prazeres incalculaveis...
..voar alem das nossas chances tambem torna a viagem cansativa ..
e entao as asas ficarm cansadas e feridas....
agora vendo este texto pela parte do amor..
é assim...
Nada é definitivo..nada
o que hoje é bonito bom e fantastico amanha pode ser feio mau e ruim.......porquê?....
por falta de dialogo..por falta de carinho..por falta de amor...

Mas o esquecimento...nao será fácil
porque sempre vai haver algo semelhante com outra pessoa que conhecemos..e que nos irá fazer recordar...coisas do passado...

Vou terminar...agradecendo de coracao..tudo que 2011 deixou no meu blog...e dizer-lhe que a tenho como uma excelente amiga....
desejendo o melhor para Ti.........
um bom domingo boa semana

Um beijo
Rui