terça-feira, 22 de maio de 2012

Eu sei...



Tudo o que é verdadeiro sobrevive ao tempo
Permanece em mim em tudo o que vivi
Fazendo pulsar forte o meu coração
O tempo passa veloz... 
E nada muda ou se desfaz
Ainda...
Estão em meus olhos o brilho dos teus
Na minha pele sinto o seu calor
Em minha audição ressoa a sua voz
Os meus lábios guardam o seu sabor
Mas é a minha alma,
Quem mais sente...
E nos momentos de intensa saudade,
 Clama ardentemente o nosso reencontro
Eu sei...
Vidas e mais vidas podem passar
E para sempre junto a ti, eu vou estar!



Tatiana Moreira


quarta-feira, 16 de maio de 2012

Um tanto ar, água, fogo e terra



Meus pés saíram do chão...
Abri as asas para o mais alto voo
Fui a espaços repletos de magias
Levada por vezes por ventos fortes
De súbito eu estava em profundas águas
Mergulhando num mar de incertezas
Provando o sal de tantas desilusões
Ressurgindo nas marés da inspiração
E num piscar de olhos quando dei por mim...
Lá estava eu em meio às labaredas
Num fogo que fazia arder à pele
Tatuando na alma todas as paixões
De volta à terra firme
Descalço os meus pés ficaram
Absorvendo do chão a sua força
Criando raízes levadas ao coração
Assim me fortaleci no ar
Assim me purifiquei na água
Assim me exorcizei no fogo
E aprendi com os meus pés na terra


Tatiana Moreira


sexta-feira, 11 de maio de 2012

Paixão





Bastou um toque apenas...

E todas as chamas reacenderam

Arderam as brasas adormecidas

Numa febre louca de paixão



*

*


Tatiana Moreira







                



Aproveito a oportunidade para desejar 

um Feliz dia das Mães para todos!








sábado, 5 de maio de 2012

Venha



Venha
Traga-me borboletas ao estômago,
pinte meu riso de anil,
afaste as minhas cortinas.
Ache-me,
pegue-me,
leve-me
ame-me.




- Karla Thayse Mendes -




quarta-feira, 2 de maio de 2012

No mar do seu olhar




Diante da imensidão de suas águas
Confesso que às vezes eu sinto medo...
Penso algumas vezes em recuar
Mas há algo que atrai nesse mistério
Que me faz cada vez mais aproximar
Observo seus momentos de transparência
Descobrindo e alimentando de ti cada gota
Afasto quando suas águas ficam turbulentas
E impedem a minha visão de te enxergar
(Despertando o meu receio de mergulhar)
Porém a maré alta vem novamente me buscar 
Trazendo-o de volta a nutrir o meu leito
Não consigo nadar contra a correnteza
Entregando-me ao que me envolve inteira
É nítido, não há como disfarçar...
Que nesse ir e vir das nossas águas
O meu rio sempre corre para o seu mar
Atraindo-me completamente rendida
Dentro do mar do seu olhar!

Tatiana Moreira





Pessoal...
Hoje é dia de agradecer...
A cada um de vocês que sempre visitam o meu blog
Obrigada de coração!
Esses dias eu tive a grata surpresa de perceber que
o blog ultrapassou a marca de 1.000 pessoas 
que acompanham as minhas postagens.
Saibam que...
É sempre muito bom estarmos juntos!

Um abraço carinhoso para os que seguem o blog e
para os que apenas visitam diariamente as postagens!