quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

...





Ataram meus pés,
minhas mãos,
e me proibiram a fala.
Mas esqueceram que a alma anda solta,
e não precisa de amarras.
Jamais me impedirão de sentir:
sentimentos não se abafam.



Sil Guidorizzi