quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

...





Peço que fique...
Venha devagar e permaneça sem pressa
Aquiete as minhas ondas revoltas
Pacifique as minhas ânsias
E afaste as minhas tempestades
Faça calmaria dos meus desejos
Aproxime-se lentamente e sinta...
Juntos nós somos mais fortes
Reacenda em minha alma a paixão
Ilumine os meus caminhos de treva
Fortaleça as minhas asas para voar
E que juntos possamos novamente...
Encantar a todos com versos de amar


Tatiana Moreira


sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

...



Confesso que até onde me enxergo,
vejo o teu reflexo como uma desculpa
ainda pra prosseguir, continuar.

Senti muitas coisas inerentes,
viciantes,
embriagantes,
delirantes,
quando você esteve aqui dentro do meu espaço,
do meu altar.
Acho que acabei falando e sentindo demais:
É isso que a alma faz
quando carrega uma bagagem tão cheia de lembranças,
e dentro delas você está.
Continuo com teu reflexo como um espelho
e nele me ajeito,
colocando a vida no lugar.
Onde vejo meu coração,
que por alguma razão
te amando ou não,
insiste em te lembrar.


Sil Guidorizzi.


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

...





Ataram meus pés,
minhas mãos,
e me proibiram a fala.
Mas esqueceram que a alma anda solta,
e não precisa de amarras.
Jamais me impedirão de sentir:
sentimentos não se abafam.



Sil Guidorizzi