quarta-feira, 14 de maio de 2014

...








“Na minha eternidade cabe nós.
Cabe eu e minha família.
Eu e meus amigos.
Os de perto, os de longe,
os do outro lado da tela do computador.
Cabe os dias bonitos.
Cabe os choros divididos,
os risos compartilhados,
os abraços jamais esquecidos.
Cabe os laços, cabe as luzes,
as memórias e suas saudades.”